A resposta recebida (veja texto na íntegra) é surpreendente: “Em atenção à sua mensagem de 17/12/2004, apuramos os fatos, nela relatados, e constatamos que o referido posto vem cumprindo, devidamente, as exigências legais e ambientais necessárias à sua construção e operacionalização.”