Aterro da Rua David Ben Gurion invade a área reservada à praça

Nesta data, constatou-se que a joga de entulho (terra) já havia se espalhado por todo o terreno reservado para a Praça Vila Suzana. O “campinho de futebol” já não mais existia. A Samovis constatou que nas laterais desse terreno havia barracos de favelados e também um canil (cães abandonados na rua, recolhidos e tratados por munícepes vizinhos) e que o aterro não parecia levar em conta esse fato, colocando, aparentemente, essas vidas em risco.